Diferença entre poema e poesia

Poema e poesia

Apesar de muita gente entender a poesia e o poema como a mesma coisa, eles não são sinônimos, mesmo estando interligados. De acordo com o dicionário Aurélio, poesia é a “Arte de criar imagens, de sugerir emoções por meio de uma linguagem em que se combinam sons, ritmos e significados”, enquanto poema é “Obra em verso ou não em que há poesia”.

Poesia

Do grego poiesis, poesia, no sentido etimológico, significa “produção artística” ou ainda “criar” e “fazer”. Essa, portanto, está presente não apenas em poemas, mas também em objetos, paisagens e outras formas de expressão.

É a linguagem subjetiva, um aspecto imaterial, com emoção com um constante ritmo melódico, indefinível e belo como o mundo interior do poeta. Seu objetivo é o de produzir emoção. Na poesia ocorre a expressão do mundo interior do poeta, construída numa linguagem altamente conotativa, escrita na maioria das vezes em versos.  Esses textos de teor poético podem apresentar-se também nos textos em prosa, na dança, nas artes visuais entre outros.

O poema:

 Elemento pertencente ao gênero lírico, o poema é um gênero textual que apresenta características que permitem identificá-lo entre os demais gêneros: é um texto composto em versos e estrofes, em uma oposição aos textos compostos em prosa (textos escritos em parágrafos, ou seja, em linhas longas). Um bom poema geralmente está carregado de poesia, mas há também poemas que recusam qualquer lirismo. São recursos muito empregados no poema a musicalidade, a repetição e a linguagem metafórica, essa última responsável por conferir ao texto maior subjetividade.

Existem três tipos de poemas:

Poema Lírico: O autor expressa sua visão pessoal ante ao mundo em que vive. Nele anuncia o que vê, ouve, sente e pensa. Alguns possuem musicalidade, ritmo e rima marcantes semelhantes a alguns tipos de música. Exemplo: Baladas, hinos, idílios, odes e sonetos.

Poema Narrativo: Nele conta-se uma história extensa, com ambientes, personagens, episódios. Um exemplo maravilhoso de poema narrativo da língua portuguesa é os Lusíadas de Luís de Camões. Incluem as baladas, fábulas e epopeias.

Poema Dramático: Muito parecido com o poema narrativo, difere-se apenas porque esta história é narrada em forma de falas, diálogos dos personagens. Algumas peças de teatros escritas em versos podem ser consideradas como poesias dramáticas.